Ações e renda variável não são necessariamente a mesma coisa. As ações fazem parte de um conjunto de ativos de renda variável. Além delas estão investimentos como os fundos imobiliários, as ETFs e os derivativos. Assim, não se esqueça e não confunda: uma ação sempre é um dos tipos de investimento em renda variável.

O que é preciso saber sobre Renda Variável

No mercado financeiro, há um raciocínio básico que deve nortear as escolhas de qualquer investidor. É a relação entre risco e retorno, ou seja, quanto maior é o risco, maiores tendem a ser os ganhos. É por isso que investimentos mais seguros costumam apresentar rentabilidades menores do que aqueles considerados mais arriscados, como os ativos de renda variável.

Eles recebem esse nome justamente porque seu comportamento é variável. Portanto, não é possível prever a rentabilidade com a mesma precisão dos ativos de renda fixa.

As vantagens da Renda Variável

Maior rentabilidade

Em consequência dessa característica do mercado financeiro, é natural que o primeiro benefício do investimento em renda variável seja justamente a maior rentabilidade. Quando comparamos essa solução com o que a renda fixa nos apresenta, vemos que é possível ganhar muito mais dinheiro na renda variável.

Melhores oportunidades

Outra vantagem está na possibilidade de ir muito além de fazer empréstimos para receber com juros o valor negociado. No mercado de ações, por exemplo, o investidor pode se tornar sócio de uma empresa, o que é bem diferente de emprestar dinheiro para ela. Na renda variável você aumenta a sua participação em uma organização.

Maior leque de possibilidades

Também existe a variedade, algo que fica muito claro quando vamos além do mercado de ações. A renda variável compreende possibilidades como o investimento em câmbio e até criptomoedas, as famosas moedas digitais, como o Bitcoin.

Facilidade para investir

Outra vantagem: a modernidade. Com a tecnologia, a compra e venda de ativos, de forma geral, é realizada dentro do Home Broker, sistema online disponibilizado pelas corretoras para os investidores fecharem negócio com segurança e agilidade. Basta abrir uma conta em uma corretora como a Genial para ter acesso à ferramenta e enviar as ordens de serviço. Tudo isso pode ser feito pelo toque do celular ou pelo computador.

As desvantagens de investir em renda variável

Maior exposição aos riscos

Se na renda variável há mais possibilidades de o investidor obter bons resultados, deve-se ressaltar que essa vantagem vem acompanhada de mais riscos. Enquanto os ativos de renda fixa contam com garantias como o Fundo Garantidor de Crédito (FGC) e a boa reputação do Tesouro Nacional, na renda variável não existe esses tipos de proteção para o seu dinheiro. A depender as escolhas que fizer e do desempenho do mercado financeiro, da mesma maneira como você pode tirar a sorte grande, também pode lidar com perdas.

Maior complexidade

Como um dos benefícios do investimento em renda variável é permitir ao investidor o acesso a opções mais interessantes do que os oferecidos na renda fixa, isso também traz um problema: a complexidade de determinados produtos financeiros. Se para aplicar em renda fixa é necessário escolher o ativo, se cadastrar em uma corretora e começar a movimentar seu dinheiro, na renda variável é necessário um conhecimento bem mais aprofundado para, de fato, ganhar dinheiro.

Volatilidade

A própria oscilação do mercado de renda variável pode ser tida como uma desvantagem também. Nele, os ativos podem apresentar um rendimento excelente em um primeiro momento após sua aquisição e logo depois se desvalorizarem. É possível também que ocorra o contrário. Isso gera um impacto principalmente no investidor sem tanta experiência e que tem menos tolerância a perdas.

Custos

Outro fator a ser considerado é o custo com tributos e tarifas. No mercado de renda variável é preciso arcar com despesas relativas a emolumentos, que são as taxas cobradas por operações, Imposto de Renda, corretagem, entre outras.

Opções em renda variável

Além das ações, que, basicamente, são partes de empresas negociadas na Bolsa de Valores, é possível investir em outros produtos financeiros. Confira outras opções:

Fundos Imobiliários

São cotas negociadas no mercado financeiro. Ao adquiri-las, o investidor passa a ter parte em conjuntos de empreendimentos comerciais e locatários. Essas cotas podem ser obtidas por meio de oferta pública ou pela compra de cotas de outro investidor. Para saber mais acesse o nosso ebook de fundos imobiliários.

ebook fundos imobiliários

Câmbio

No mercado de câmbio você investe na troca de moedas, por exemplo, do Real para o Dólar, do Euro para o Real, entre outras.

Derivativos

São, basicamente, aplicações que derivam de outras. Nesse mercado negocia-se contratos futuros de ouro, diferentes tipos de commodities, ações, taxas de juros, entre outros.

ETFs (Exchange Traded Funds)

Esse tipo de investimento acompanha um índice que geralmente são aqueles listados na Bolsa de Valores. Assim, o rendimento de um ETF acompanhará os resultados do índice escolhido.

Os cuidados a serem tomados

O que difere a renda variável da renda fixa é que, no caso da primeira, não é possível determinar a rentabilidade da aplicação previamente.

Ainda assim, é possível agir com critérios, seja no mercado de ações, seja nas demais possibilidades de investimentos e investir com segurança. É preciso avaliar o comportamento dos ativos, considerando seu histórico e suas possibilidades de crescimento futuro. Um bom exemplo disso são as moedas digitais. Quando surgiram, poucos enxergaram a viabilidade desse investimento, o que deu aos investidores que enxergaram o potencial de retorno resultados significativos anos depois.

O fato é que a renda variável tem como trazer resultados melhores do que a renda fixa, e, exatamente por isso, ela oferece riscos maiores. A dica é procurar compreender quais são esses riscos e não investir sem antes conhecer bem os ativos, o cenário que se apresenta e os agentes envolvidos.

Enfim, para investir bem em renda variável é preciso, acima de tudo, contar com a melhor informação a seu favor. Quer investir em ativos de renda variável? Abra sua conta gratuita na Genial Investimentos para saber as melhores opções e investir com mais segurança.

abra sua conta

Publicado por Genial

A Genial é a plataforma de investimentos que está democratizando o acesso aos melhores produtos do mercado, de forma simples, ágil e eficiente, através de uma assessoria financeira isenta, transparente e qualificada.

Contentários

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *