A bolsa de valores permite o uso de diferentes estratégias. Além de fazer investimentos de longo prazo, é possível optar pela especulação, com diferentes tipos de trade. Nesse caso, a ideia é comprar e vender ativos e derivativos em curto prazo, buscando ganhos com a oscilação de preços.  

As classificações das operações são baseadas nos prazos de atuação e contam com características diferentes, como o nível de dedicação e as ferramentas usadas. Por isso, antes de se tornar um trader é importante entender quais são os tipos de atuação. 

Quer conhecer quais são os tipos de trader? Então confira o artigo que nós, da Genial Investimentos, preparamos para esclarecer o assunto! 

Quais são os tipos de trades existentes? 

Embora toda operação de especulação tenha características em comuns, há diversas classificações, dependendo das especificidades. A seguir, você conhecerá quais são os tipos de negociações que um trader — ou especulador — pode fazer. 

Confira! 

1. Day trade 

day trade é a modalidade de negociação que ocorre no mesmo dia, ou seja, o investidor nunca leva a operação para outras datas. Com isso, a operação é encerrada no mesmo pregão em que foi iniciada. 

Para ajudar na tomada de decisão, o day trader utiliza a análise gráfica, com gráficos intraday de períodos que podem variar, geralmente entre 5 a 60 minutos. Ademais, a operação busca ativos de alta liquidez e que possibilitem entradas e saídas rápidas.  

Devido ao curtíssimo prazo, o day trade demanda maior tempo disponível para operar no mercado. Ainda, paga-se uma tributação mais alta que nas outras alternativas: 20% sobre o lucro, sendo que não há limite de isenção. 

Considerando que o day trader tende a realizar diversas operações ao longo do dia, é comum que ele tenha mais custos operacionais, como a taxa de corretagem.  

2. Swing trade 

Já o swing trade tem prazos um pouco maiores, entre dias e semanas. Quem utiliza essa modalidade também se baseia na análise gráfica, em geral, utilizando gráficos diários. Como em outros tipos de operação, é preciso ter paciência, diversificação e estratégia bem definida. 

Porém, o swing trader opera menos vezes com o propósito de acertar o ponto exato de reversão dos movimentos. Nesse caso, a liquidez dos ativos e derivativos operados pode ser um pouco menor que no caso das alternativas escolhidas no day trade. 

3. Position trade 

position trade é a modalidade de especulação que pode durar de 1 mês até 12 meses. É baseado em análise gráfica, sendo que os tempos gráficos mais comuns são semanais e mensais. Porém, ele pode contar com indicadores da análise fundamentalista para complementar a escolha. 

A liquidez dos ativos negociados pode ser bem menor que no caso do day trade e do swing trade. Afinal, o position trader tem mais tempo para entrar ou sair de uma posição. Também há exigência menor em relação ao tempo de dedicação, devido ao maior prazo das operações.  

4. Scalping trade 

scalping trade é o tipo de negociação que envolve movimentos curtíssimos, em um tempo ainda menor que o day trade. Logo, o objetivo é obter lucros pequenos e rápidos, gerando perdas igualmente pequenas, caso aconteçam.  

Todavia, a soma de ganhos e prejuízos pode ser elevada devido ao alto volume negociado. Nos Estados Unidos, essa modalidade é também chamada de trades de momentum. Ou seja, os scalping traders buscam capturar movimentos sequenciais de preço sem ficar muito tempo exposto no ativo. 

A grande desvantagem do scalping é que a relação risco/retorno pode não ser tão elevada. Então você corre riscos maiores, mas não pode não ter ganhos tão elevados. O desempenho depende da eficiência, que é dada pela taxa de acerto — quanto maior ela for, maior é o resultado líquido do dia. 

Outro aspecto do scalping é que ele envolve uma habilidade a mais: agilidade. Você precisa ser extremamente ágil para conseguir operar dessa forma, o que também exige mais tempo de dedicação à tarefa.

Saiba Mais:

  1. [E-book] O Guia Definitivo do Trader
  2. O que é Análise Gráfica de Ações?
  3. O que é Análise Técnica? Tudo o que você precisa saber!
  4. Técnicas de análise gráfica para day trade: por que é necessário?
  5. Análise fundamentalista de ações: você sabe como funciona?
  6. Análise de ações: tudo o que você precisa saber sobre o assunto!

Como escolher entre os tipos de traders? 

Como você viu, cada tipo de trade suas particularidades em relação ao prazo, objetivos, risco e resultados. Por isso, cabe ao trader selecionar a que for mais atraente, considerando o seu estilo e os seus interesses. 

Em geral, as operações de prazo mais curto, como scalping e day trade, demandam mais tempo e mais dedicação, além de envolverem mais riscos. É preciso ter um perfil compatível com esse tipo de atuação, pensando em sua tolerância à volatilidade e às perdas, e o que espera alcançar como trader. 

Também vale saber que não é obrigatório eleger apenas um tipo de trade — ou ser, portanto, um trader com uma estratégia única. Além disso, a escolha não precisa ser definitiva. Dependendo das condições do mercado e da sua disposição a se arriscar, é possível realizar operações de diversos tipos. 

Como especular na bolsa de valores? 

Agora que você conhece os tipos de trade é importante saber como ser um trader, independentemente da sua escolha. O primeiro passo é ter uma conta em uma corretora de valores. Por meio dela, você terá acesso aos ativos e derivativos da bolsa e poderá aproveitar plataformas de trading

Com as ferramentas certas, será mais fácil realizar análises e executar operações com eficiência. No caso do scalping trade, que exige agilidade, contar com uma boa plataforma é especialmente importante para explorar as oportunidades. 

Também é necessário aprofundar seu conhecimento sobre o processo. É preciso saber sobre as operações e as ferramentas, como os tipos de velas e outros gráficos, assim como as informações que o trader deve usar em suas decisões. 

Além disso, é fundamental ter a mentalidade certa para aumentar suas chances de sucesso ao especular. Para ajudar, o curso “Psicologia Trader”, da Genial Investimentos, traz os principais conhecimentos que você deve utilizar para especular com o controle da mente e das próprias emoções. 

Realizando o curso, você descobrirá quais são as habilidades essenciais, como definir seus objetivos, como fugir de armadilhas emocionais e como evoluir para alcançar suas metas. 

Com as informações necessárias, é possível selecionar o tipo de trade adequado para a sua realidade e realizar as operações. Lembre-se de avaliar os resultados e verificar quais aprendizados podem ser aplicados nas próximas especulações. 

Conhecendo os tipos de trade, você tem a chance de escolher a modalidade mais alinhada com os seus interesses e com a sua tolerância ao risco como trader. Assim, com o preparo certo, é possível aproveitar as diferentes oportunidades de especulação. 

Na Genial Investimentos, você contará com uma estrutura completa, profissionais qualificados e acesso a plataformas variadas. Abra sua conta conosco e venha ser Genial!

Conheça a sua Casa do Trader

A Genial traz a sua Sala Ao Vivo também para o YouTube, ainda mais completa!

Agora, além dos calls de day trade de futuros e swing trade de ações, feitos pelo analista técnico CNPI-T, Igor Graminhani, você terá acesso a todo o time da Sociedade dos Traders, que trará oportunidades de day trade em ações, e ao Guilherme Carvão, que falará sobre as principais notícias que estão movimentando o mercado e influenciando as operações dos traders!

Comentários